ACESSIBILIDADE
  • A-
  • A
  • A+
VRSTI: 
Noticia
Paraná vive momento crítico com epidemia da gripe H3N2
13 de Janeiro de 2022

Nesta quarta-feira, 12, o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, anunciou que o Paraná vive uma epidemia de gripe, com circulação comunitária. O aumento no número de casos diários de H3N2 (um tipo do vírus Influenza A) e óbitos em decorrência da doença levaram a esta decisão.

De acordo com o secretário, a transmissão comunitária e a presença do vírus está presente em 144 municípios do Estado. No momento, dos 832 casos confirmados, 805 são de residentes do Paraná, 27 de fora do Estado. Além disso, foram confirmadas 12 mortes.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 85% e 95% dos pacientes internados com casos graves da doença não se vacinaram ou não concluíram o esquema vacinal. Lembrando ainda que, a vacinação contra a Influenza pode ser administrada junto com a vacina contra a Covid-19, no mesmo dia.

Com isso, mais de 616 mil doses de vacinas contra a Influenza estão sendo distribuídas nos municípios. Elas fazem parte da Campanha Nacional de Imunização Contra a Gripe de 2021 e têm validade importante nesse momento de surto de casos. Segundo os dados do vacinômetro nacional, o Paraná tem cerca de 70,40% de cobertura vacinal dentro dos grupos prioritários, com 2,1 milhões de doses aplicadas.

O Ministério da Saúde prevê para o início de abril o envio de uma nova vacina com a imunização para todos os vírus circulantes da gripe e já reconhecidos laboratorialmente.