ACESSIBILIDADE
  • A-
  • A
  • A+
VRSTI: 
Perguntas Frequentes - Saúde
  • 1 - Como faço meu cadastro no sistema municipal da Saúde?

    Em posse dos documentos pessoais com foto e do comprovante de residência, o morador deve procurar a Secretaria Municipal de Saúde, setor de cadastro, para efetuar seu cadastro no sistema informatizado. O setor de cadastro atende ao público todas terças e quintas-feiras das 07h15 às 10h30. Os casos de urgência/emergência atendidos na UPA24h, o cadastro é feito de forma provisória pelo sistema.
     

  • 2 - Como faço para fazer o Cartão SUS?

    Toda Unidade Básica de Saúde pode fazer o Cartão SUS do usuário cadastrado no sistema municipal informatizado. Caso ainda não esteja cadastrado, o usuário deve dirigir-se ao setor de cadastro da Secretaria Municipal de Saúde para regularizar a situação, em posse dos documentos pessoais com foto e do comprovante de residência.
     

  • 3 - Como faço para ser atendido na Saúde?

    Estando cadastrado no sistema municipal informatizado da Secretaria Municipal de Saúde, o usuário deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência, onde encontrará uma equipe da Saúde da Família que é responsável por seu acolhimento. O município conta com quatro Unidades Básicas de Saúde e com oito equipes de Saúde da Família, com médico, enfermagem e Agentes Comunitários de Saúde, o que cobre 100% do território municipal. Em caso de urgência/emergência o município conta com equipe de SAMU pelo Fone 192 e do SIATE, para os traumas, pelo fone 193, além da UPA24h.

  • 4 - Quando devo procurar a UPA24h?

    A UPA 24h funciona para os atendimentos das urgências e emergências diárias, bem como para situações que ocorram em horários em que as Unidades Básicas de Saúde não estejam abertas. Classificam-se como situações de urgência/emergência: Parada cardíaca e respiratória, AVC, Infarto, fraturas, hemorragias, queimaduras, crises asmáticas, crises nervosas, entre outras situações que o atendimento deve ser realizado no mesmo dia. Trocas de receitas, acompanhamentos de doenças crônicas, pedidos de exames, check-up e atestados devem ser procurados, pelos usuários, junto às Unidades Básicas de Saúde.>

  • 5 - Como faço para ser atendido pela odontologia?

    Os atendimentos odontológicos são agendados pelas equipes de Saúde Bucal das quatro Unidades Básicas de Saúde. O município tem o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) que atende os pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde para as necessidades especializadas com ênfase no diagnóstico e detecção do câncer de boca, periodontia, cirurgia oral menor dos tecidos moles e duros, endodontia, e o atendimento a portadores de necessidades especiais.

  • 6 - Como faço para ser atendido por um médico especialista?

    Os médicos especialistas atuam por agendamento no Centro de Especialidades Municipal e/ou nas referências estaduais em Foz do Iguaçu, Medianeira, Cascavel, Campo Largo e Curitiba, pelas cotas mensais disponíveis, mediante encaminhamento do médico da equipe de Saúde da Família das Unidades Básicas de Saúde. Os exames solicitados pelos médicos também seguem a mesma regra, são agendados pelas cotas disponíveis, nos diversos serviços de referência. Ambos os casos respeitando-se as prioridades e urgências definidas pelo atendimento médico.

  • 7 - Como faço para ser atendido pelo CAPS?

    O CAPS atende aos pacientes com necessidades em saúde mental conforme encaminhamento médico das Unidades Básicas de Saúde e/ou pela procura direta de pacientes com diagnóstico psiquiátrico. A equipe realiza atendimentos eletivos individualizados e em grupos de terapia com médico psiquiatra, enfermeiro, psicólogo, terapeuta ocupacional e assistente social. Os casos de urgência/emergência em psiquiatria devem procurar diretamente à UPA24h.

  • 8 - Como faço para ser atendido pelo SAD?

    O SAD é o Serviço de Atendimento Domiciliar que acompanha os pacientes elegíveis para o programa que conta com médico, equipe de enfermagem, fisioterapeuta, psicólogo e nutricionista junto às residências. Os casos elegíveis para o programa são: pacientes pós-cirúrgicos, pacientes acamados e com necessidades de intervenção médica, pacientes paliativos, entre outros. A Atenção Domiciliar funciona em paralelo ao atendimento das equipes de Saúde da Família das Unidades Básicas de Saúde e trabalha também com a organização e orientação do trabalho do cuidador domiciliar.

  • 9 - O que faz a Vigilância em Saúde?

    A Vigilância em Saúde é o departamento da Secretaria Municipal de Saúde onde encontram-se a Vigilância Sanitária, a Vigilância Epidemiológica, a Vigilância Ambiental e a Vigilância da Saúde do Trabalhador, sendo responsável por ações de vigilância, prevenção e controle de doenças transmissíveis, vigilância de fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, saúde ambiental e do trabalhador e também pela análise de situação de saúde da população itaipuense. O trabalho no controle das endemias, principalmente da dengue, é realizado diariamente pelos Agentes de Combate às Endemias, nas visitas domiciliares em ciclos bimestrais e no levantamento do índice de infestação predial – Liraa.

  • 10 - Para que serve a Ouvidoria da Saúde?

    A Ouvidoria da Saúde é o setor responsável pelo acolhimento das reclamações, solicitações, sugestões e elogios da Secretaria Municipal de Saúde. O atendimento pode ser feito de forma pessoal junto ao ouvidor que encontra-se no Centro de Especialidades Municipal, e/ou por telefone e/ou e-mail, de forma anônima inclusive, para as demandas pessoais em saúde. O ouvidor recebe a informação e repassa as demandas aos responsáveis pelos serviços ofertados pela Secretaria Municipal de Saúde. Quando em posse da resposta, o ouvidor faz a devolutiva da demanda ao usuário.

 

 

(Pagina Atualizada em 11/08/2020 às 16:48)