ACESSIBILIDADE
  • A-
  • A
  • A+
VRSTI: 
Perguntas Frequentes - Assistencia Social
  • 1 - O que é CRAS - Centro de Referência de Assistência Social?

    O CRAS - Centro de Referência da Assistência Social é o principal equipamento de desenvolvimento dos serviços socioassistenciais da Proteção Social Básica. É a porta de entrada dos usuários da política de assistência social para a rede de Proteção Básica e referência para encaminhamentos à Proteção Especial.

  • 2 - O que o CRAS oferta?

    O principal serviço ofertado pelo CRAS é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – PAIF, que presta atendimento social às famílias, seus membros e indivíduos em situação de vulnerabilidade social, através de ações de acolhimento, de acompanhamento, de encaminhamentos para a rede de proteção social e para as outras políticas sociais, de orientação e apoio na garantia dos seus direitos de cidadania, de convivência familiar e comunitária e de visitas domiciliares. Além dos serviços acima descritos, o CRAS realiza outras ações e encaminhamentos, sendo os principais: Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças e adolescentes de 06 a 15 anos; Avaliações sócioeconômicas para concessão de benefícios eventuais; Ações de cadastramento no Cadastro Único; Encaminhamento e acompanhamento para concessão do Benefício de Prestação Continuada – BPC; Encaminhamento e acompanhamento para concessão do Passe Livre Interestadual (Governo Federal) e Intermunicipal (Governo Estadual).

  • 3 - Qual o local e horário de atendimento do CRAS?

    O Cras oferece atendimento ao público de Terça a Sexta-Feira das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:30
    Endereço: Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro - Telefone: (45)3541-1930

  • 4 - Onde e como fazer o Cadastro Único?

    O Cadastro Único é um instrumento de coleta de dados e informações que objetiva identificar todas as famílias de baixa renda existentes no país para fins de inclusão em programas de assistência social e redistribuição de renda. Podem ser cadastradas as famílias de baixa renda que ganham até meio salário mínimo mensal por pessoa; ou que ganham até 03 salários mínimos de renda total por mês. Através da inscrição no Cadastro Único a família poderá ser beneficiada por programas como o Bolsa Família, a Carteira do Idoso, a Tarifa Social de Energia Elétrica e o Telefone Popular, entre outros. É importante esclarecer que estar inscrito no Cadastro Único não significa a entrada automática nestes programas, pois cada um deles tem suas regras. O Cadastro Único é um instrumento de coleta de dados e informações que objetiva identificar todas as famílias de baixa renda existentes no país para fins de inclusão em programas de assistência social e redistribuição de renda.
    O Cadastro Único pode ser realizado no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS localizado Rua dos Bandeirantes, 755 - Centro
    Telefone: (45) 3541-1930
    Horário de Atendimento ao Público: Terça a sexta-feira das 08:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:30

  • 5 - O que é necessário para o Cadastro Único

    1º - Ser família de baixa renda e possuir renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou renda mensal total de até três salários mínimos;
    2º - Que a pessoa responsável pela família, tenha no mínimo 16 anos e responda às perguntas do cadastro; Documentos obrigatórios - Para o Responsável pela Unidade Familiar (RF), é obrigatória a apresentação do CPF ou do Título de Eleitor. - Para as outras pessoas da família, é obrigatória a apresentação de qualquer um destes documentos de identificação: certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, carteira de identidade (RG), carteira de trabalho ou Título de Eleitor. Documentos que não são obrigatórios, mas facilitam o cadastramento - Comprovante de endereço, de preferência a conta de luz; - Comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos. Se não tiver o comprovante, o RF deve informar o nome da escola de cada criança ou jovem; - Carteira de trabalho

  • 6 - Quais os benefícios que os inscritos no programa Cadastro Único poderão obter?

    Programa Bolsa Família:Programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que atende famílias pobres (renda mensal por pessoa entre R$77,01 e R$170,00) e extremamente pobres (renda mensal por pessoa de até R$ 77,00). Ele possui vários tipos de benefícios, utilizados para compor a parcela mensal que os beneficiários recebem. Esses benefícios são baseados no perfil da família registrado no Cadastro Único.

    Tarifa Social de Energia Elétrica:Desconto na conta de luz para famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa ou que tenham algum beneficiário do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC). O desconto varia de 10% a 65%, sendo maior quanto menor for o consumo de luz da casa.

    Para solicitar a tarifa social de energia elétrica o usuário deve retirar no CRAS a folha resumo do Cadastro Único e após dirigir-se a Copel, sito a Avenida das Nações, nº100 – Centro, Telefone: (45) 3541-0737.

    Tarifa Social de Água:Desconto na conta de água para famílias com renda de até dois salários mínimos ou meio salário mínimo (federal) por pessoa para imóveis de até 4 ocupantes. Para acessar o benefício é necessário, além da renda mensal, que o imóvel tenha até 70 metros quadrados e que o consumo mensal não ultrapasse 10 mil litros.

    Para solicitar a tarifa social de água o usuário deve retirar no CRAS a folha resumo do Cadastro Único e após dirigir-se a Sanepar, sito a Rua Manoel Moreira Pena, nº636 – Centro, Telefone: (45) 3541-1579 ou 3541-2690.

    Tarifa Social de Telefone Popular :Oferta de linha de telefone fixa com tarifas mais baratas para todas as famílias de baixa renda que estejam com o cadastro atualizado. O beneficiário do Telefone Popular tem direito a 90 minutos por mês para fazer ligações para outros telefones fixos da mesma cidade, pagando até R$ 15 por mês.

    Para saber se você tem direito, ligue para os telefones 1331 ou 1332 da Agência Nacional de Telecomunicações.

    Carteira do Idoso:Destinada as pessoas com 60 anos ou mais que possuam renda individual de até dois salários mínimos e que não tenham como comprová-la, para passagem de graça ou desconto nos bilhetes de ônibus, trem ou barco entre estados diferentes.
    Para solicitar a carteira, o idoso deve procurar o CRAS munido de documentos pessoais (Carteira de Identidade e CPF) e uma foto 3x4 recente.

    Aposentadoria para pessoa de baixa renda:Pode se inscrever como segurado facultativo de baixa renda, as pessoas que se dedicam ao trabalho de casa (do lar) que não têm renda própria e cuja renda mensal familiar seja de até dois salários mínimos. Estas pessoas podem contribuir para a Previdência Social com 5% do salário mínimo, para obter aposentadoria por idade, auxílio doença, pensão por morte, aposentadoria por invalidez, auxílio-reclusão e salário-maternidade.

    Isenção de pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos:Os candidatos de baixa renda que estejam no Cadastro Único têm o direito de não pagar taxa de inscrição em concursos públicos realizados pelo Poder Executivo Federal. O candidato deve pedir a isenção da taxa diretamente ao organizador do concurso público.

    Programa Leite das Crianças:O Programa Leite das Crianças é um programa do governo do Estado do Paraná e tem por objetivo auxiliar o combate a desnutrição infantil, por meio da distribuição gratuita e diária de um litro de leite as crianças entre 6 meses e 3 anos de idade, pertencentes a famílias cuja renda per capta não ultrapasse meio salário mínimo regional (salário mínimo do Paraná).


    Importante:

    Estar no Cadastro Único não significa a entrada automática nestes programas, pois cada um deles tem suas regras.

  • 7 - Onde e como fazer o cadastro para os Beneficios Eventuais?

    Os Benefícios Eventuais constituem uma modalidade de provisão de proteção social básica de caráter suplementar e temporário que integra organicamente as garantias do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, com fundamentação nos princípios de cidadania e nos direitos sociais e humanos. Estão previstos na Lei Municipal nº1176/2008 e são os seguintes:
    Auxílio Alimentação;
    Auxílio Funeral e Translado;
    Auxílio Fotos 3x4;
    Auxílio Passagem e Vale Transporte;
    Auxílio Documentação.

    Localizado no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1930.

  • 8 - O que é necessário para obter os Beneficios Eventuais?

    1º - Estar com o cadastro atualizado e passar por avaliação sócioeconômica da equipe técnica do CRAS;
    2º - Possuir renda familiar per capita igual ou inferior a ½ salário mínimo nacional.

  • 9 - Existe atendimento priorizado para benefícios eventuais?

    I – Famílias que tenham em sua composição crianças, adolescentes, gestantes, idosos e pessoas com deficiência cuja renda per capita seja igual ou inferior a ¼ do salário mínimo;
    II – Famílias chefiadas por mulheres, sem cônjuge e com filhos menores de 15 anos;
    III – Família ou indivíduo cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais – CADÚNICO.

  • 10 - Onde e como solicitar o Benefício de Prestação Continuada - BPC

    O Benefício de Prestação Continuada – BPC, trata-se de um benefício individual, não vitalício e intransferível, que assegura a transferência mensal de 1 (um) salário mínimo ao idoso, com 65 (sessenta e cinco) anos ou mais, e à pessoa com deficiência, de qualquer idade, com impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.
    Em ambos os casos, devem comprovar não possuir meios de garantir o próprio sustento, nem tê-lo provido por sua família. A renda mensal familiar per capta deve ser inferior a ¼ (um quarto) do salário mínimo vigente.

    Horário de Atendimento ao Público: Segunda, quarta e sexta-feira das 8:00 às 12:00 e o atendimento é realizado somente por agendamento.
    Endereço: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro.
    Telefone: (45) 3541-1930

  • 11 - Quais os documentos necessários para Benefício de Prestação Continuada - para Idoso?

    - Número de Identificação do Trabalhador – NIT (PIS/PASEP) ou número de inscrição do Contribuinte Individual/Doméstico/Facultativo/Trabalhador Rural;
    - Documentos pessoais: Carteira de Identidade; CPF; Certidão de Nascimento ou Casamento; Título Eleitoral;
    - Certidão de Óbito do esposo(a) falecido(a), se for o caso;
    - Comprovante de Residência atualizado;
    - Comprovante de rendimentos dos membros do grupo familiar;
    - Documentos pessoais dos membros do grupo familiar (Identidade ou certidão de nascimento quando menor, CPF, Número do PIS/PASEP/NIT).

  • 12 - Quais os documentos necessários para Benefício de Prestação Continuada - Para Pessoas Com Deficiência?

    - Número de Identificação do Trabalhador – NIT (PIS/PASEP) ou número de inscrição do Contribuinte Individual/Doméstico/Facultativo/Trabalhador Rural;
    - Documentos pessoais: Carteira de Identidade; CPF; Certidão de Nascimento ou Casamento; Título Eleitoral;
    - Certidão de Óbito do esposo(a) falecido(a), se for o caso;
    - Comprovante de Residência atualizado;
    - Comprovante de rendimentos dos membros do grupo familiar;
    - Documentos pessoais dos membros do grupo familiar (Identidade ou certidão de nascimento quando menor, CPF, Número do PIS/PASEP/NIT).
    - Tutela, no caso de menores de 18 anos filhos de pais falecidos ou desaparecidos ou que tenham sido destituídos do poder familiar.
    - Laudo Médico com número do CID

  • 13 - Onde e como fazer o Passe Livre para pessoas com deficiência?

    Passe Livre Interestadual
    Destinado a pessoas portadoras de deficiência física, mental, auditiva ou visual, que comprovem através de laudo médico, atestado por médico especialista integrante do Sistema Único de Saúde (SUS), a deficiência ou incapacidade do interessado e que tenham renda familiar percapita de até 01 (um) salário mínimo.

    Documentos Necessários:
    - Documentos pessoais do solicitante (Carteira de Identidade e CPF);
    - Documentos pessoas dos demais membros da família - Carteira de Indentidade e/ou Certidão de Nascimento
    - Comprovante de endereço atual;
    - Comprovante de renda atual de todos os membros da família;
    - Requerimento do Passe Livre;
    - Laudo Médico contendo o CID 10 da patologia, devidamente assinado e carimbado por dois especialistas que integre a rede assistencial do Sistema Único de Saúde – SUS.

    Passe Livre Intermunicipal
    Destinado a pessoas portadoras de deficiência física, mental, auditiva ou visual e determinadas patologias crônicas, que comprovem através de laudo médico, atestado por médico especialista integrante do Sistema Único de Saúde (SUS) e que tenham renda familiar percapita de até 1 e ½ (um salário mínimo e meio).

    Documentos Necessários:
    - Documentos pessoais do solicitante (Carteira de Identidade e CPF);
    - Comprovante de endereço atual;
    - Comprovante de renda atual de todos os membros da família;
    - Requerimento do Passe Livre;
    - Laudo Médico contendo o CID 10 da patologia, devidamente assinado e carimbado por médico especialista da rede assistencial do Sistema Único de Saúde – SUS do Estado do Paraná;
    - Avaliação sócioeconômica, devidamente assinada e carimbada por Assistente Social da rede socioassistencial do Sistema Único de Assistência Social – SUAS do Estado do Paraná;
    - Uma foto 3x4 recente.

    Horário de Atendimento ao Público: Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00
    Endereço: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1930

  • 14 - O que é o CREAS - Centro de Referência Especializado de Assistência Social?

    O CREAS é uma Unidade Pública Estatal de prestação de serviços especializados e continuados a indivíduos e famílias cujos direitos tenham sido violados ou ameaçados. Trabalha diretamente com o Sistema de Garantia de Direitos (Conselho Tutelar, Poder Judiciário, Ministério Público, entre outros).

    Horário de Atendimento ao Público: Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30
    Endereço: Rua das Tulipas, nº344 – Santa Mônica
    Telefone: (45) 3541-3488

  • 15 - O que o CREAS - Centro de Referência Especializado de Assistência Social oferece?

    SERVIÇOS DE PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL DE MÉDIA COMPLEXIDADE
    - Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI) que oferta apoio, orientação e acompanhamento em casos de ameaça ou violação de direitos, por ocorrência de:
    - Violência física, psicológica e negligência;
    - Violência sexual: abuso e/ou exploração sexual;
    - Afastamento do convívio familiar devido à aplicação de medida socioeducativa ou medida de proteção;
    - Tráfico de pessoas;
    - Situação de rua e mendicância;
    - Abandono;
    - Vivência de trabalho infantil;
    - Discriminação em decorrência da orientação sexual e/ou raça/etnia;
    - Outras formas de violação de direitos decorrentes de discriminações/submissões a situações que provocam danos e agravos a sua condição de vida e os impedem de usufruir autonomia e bem estar;
    - Descumprimento de condicionalidades do PBF e do PETI, em decorrência de violação de direitos.
    - Serviço de Proteção Social a adolescentes em cumprimento de medida sócioeducativa de Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC), que tem por finalidade prover atenção socioassistencial e acompanhamento a adolescentes com idade entre 12 e 18 anos incompletos e jovens entre 18 e 21 anos, que estejam em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto, podendo ser de Liberdade Assistida e/ou de Prestação de Serviços à Comunidade, determinadas judicialmente.
    SERVIÇOS DE PROTEÇÃO SOCIAL DE ALTA COMPLEXIDADE
    São Serviços que garantem proteção integral – moradia, alimentação, higienização e trabalho protegido para famílias e indivíduos que se encontram sem referência e, ou, em situação de ameaça, necessitando ser retirados de seu núcleo familiar e, ou, comunitário.
    - Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora, organiza o acolhimento de crianças e adolescentes, afastados da família por medida de proteção, em residência de famílias acolhedoras cadastradas.

  • 16 - O que é o Centro Integrado de Apoio a Melhor Idade - CIAMI?

    O CIAMI é o responsável pela execução dos Serviços, Programas e Projetos voltados à população idosa de Santa Terezinha de Itaipu.
    Tem como público alvo pessoas acima de 55 anos e desenvolve diversas atividades: bailes todas as quartas-feiras, hidroginástica, pilates, oficinas diversas, coral, além de desenvolver eventos em datas comemorativas, entre outras ações.
    É responsável também pela Coordenação das atividades da UNATI – Universidade Aberta à Terceira Idade e pelo suporte ao desenvolvimento das atividades da AMIAC – Associação da Melhor Idade “Amor e Carinho”. .

    Horário de Atendimento ao Público: Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30
    Endereço: Centro Integrado de Apoio a Melhor Idade – CIAMI, Rua Ângelo Pedro Dotto, nº788 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1838

  • 17 - Como fazer para participar das atividades voltadas para os idosos?

    O CIAMI é o responsável pela execução dos Serviços, Programas e Projetos voltados à população idosa de Santa Terezinha de Itaipu.
    Tem como público alvo pessoas acima de 55 anos e desenvolve diversas atividades: bailes todas as quartas-feiras, hidroginástica, pilates, oficinas diversas, coral, além de desenvolver eventos em datas comemorativas, entre outras ações.
    É responsável também pela Coordenação das atividades da UNATI – Universidade Aberta à Terceira Idade e pelo suporte ao desenvolvimento das atividades da AMIAC – Associação da Melhor Idade “Amor e Carinho”. .

    Horário de Atendimento ao Público: Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30
    Endereço: Centro Integrado de Apoio a Melhor Idade – CIAMI, Rua Ângelo Pedro Dotto, nº788 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1838

  • 18 - O que é a estação do ofício?

    A Estação do Ofício é o equipamento público responsável pela produção e distribuição do Leite de Soja, pela execução do Projeto com as Gestantes (a partir do 5º mês de gestação) e dos cursos de geração de renda (Corte e Costura Básico e de Culinária).
    Estes projetos atendem as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família que tenham sido encaminhadas pelo CRAS ou pelo CREAS.


    Horário de Atendimento ao Público: Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30
    Endereço: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1930

  • 19 - Onde e como fazer o cadastro para o Programa do Leite de Soja?

    O Programa consiste na distribuição gratuita de leite de soja para as famílias em situação de vulnerabilidade e/ou risco social encaminhadas pelo CRAS.

    Horário de Atendimento ao Público: Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30
    Endereço: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1930

  • 20 - Existe atendimento priorizado no programa Leite de Soja?

    I – Famílias que tenham em sua composição crianças, adolescentes, gestantes, idosos e pessoas com deficiência cuja renda per capita seja igual ou inferior a ¼ do salário mínimo;
    II – Famílias chefiadas por mulheres, sem cônjuge e com filhos menores de 15 anos;

  • 21 - Onde e como acessar o projeto de atendimento as Gestantes??

    O acesso está disponível no CRAS,Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1930


    Critérios para participação do projeto:
    - Encaminhamento pela Secretaria de Saúde;
    - A partir do 5º mês de gestação;
    - Estar inscritas no cadastro único;
    - Estar com carteira de vacinação e o acompanhamento do pré-natal regular;

  • 22 - Onde e como fazer o cadastro para o Programa de atendimento as Gestantes?

    O Programa é destinado às gestantes a partir do 5º mês de gestação. São desenvolvidas atividades de orientações e manuais. Ao final, a gestante é beneficiada com um enxoval.

    Horário de Atendimento ao Público: Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30
    Endereço: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Rua dos Bandeirantes, nº755 – Centro
    Telefone: (45) 3541-1930
    As atividades são desenvolvidas nas dependências da Estação do Ofício, sito a Rua Rio de Janeiro, nº707 – Parque dos Estados (ao lado do Supermercado Nandi Parque), Telefone: (45)3541-2377

 

 

(Pagina Atualizada em 11/08/2020 às 16:48)